1 2

Yoga e Alimentação Viva

13 a 16 de abril 2017 – Semana Santa

O encontro começa dia 13 no final da manhã e termina no dia 16, no início da tarde.

A Quaresma inicia após o Carnaval e vai até domingo de Páscoa.
• Tempo de interiorização e reflexão sobre os nossos atos do cotidiano, a nossa relação com os outros e com a natureza ao redor de nós.
• Tempo de uma regeneração saudável do corpo e da alma, através da prática da ioga (exercícios, respiração, meditação), além de leituras e imersão na natureza.
• Tempo de reavaliar nossa alimentação, focalizando nossas necessidades básicas.
• Tempo de repensar o jejum de modo amplo, não apenas o visual, o auditivo, o verbal, criando espaços interiores para acolher o silêncio.
• Tempo de paz.

Sexta feira da paixão, dia propício para jejuar na natureza para quem escolha esta opção.

O Jejum: nossa condição física e mental depende da condição do nosso sangue. Quando nosso sangue é ativo e normal, consequentemente os órgãos, tecidos e células permanecem saudáveis e funcionam normalmente. Quando nosso sangue se torna estagnado e anormal, todo o organismo declina. O que chamamos poder de cura está no nosso interior.
O sangue é purificado e normatizado pelo processo natural do jejum, seguido instintivamente por todo animal na natureza.
Ingerindo somente líquidos, suco verde, água de coco, respirando o melhor ar encontrado e com ajuda da prática da yoga, que nos propicia uma oxigenação profunda, silêncio e paz se instalam no nosso íntimo, e, ainda mais profundamente, o Amor.

Jejuar, longa tradição humana, “desde o início dos tempos”
Aqueles que praticaram o jejum dizem sempre: “eu pensava que não seria capaz”. A ideia de reduzir sua quantidade de alimento, de se limitar a ingerir líquidos durante alguns dias, nos dá medo.
As nossas sociedades ocidentais não conhecem mais nem fome nem penúria.
Como nós não conhecemos a falta, nós tememos afronta-la. No fundo nós tememos que o jejum possa nos fazer mal. No entanto aqueles que o praticam dizem exatamente o contrário.
O ideal para ultrapassar esta ideia é de se informar e ser acompanhado. Jejuar em grupo é sem dúvida a melhor maneira de viver esta aventura.
Respirar mais – comer menos
O ar é tão importante para viver, que o tamanho de todos os órgãos do corpo é insignificante em relação aos pulmões que são enormes.
A vida em cidades faz com que eles fiquem tão poluídos que vão poluir nosso sangue impedindo de sustentar a vida e preservar nosso corpo.
Estar em contato com ar puro da floresta, com as radiações cósmicas e não consumir alimentos, nos permite de desenvolver outras percepções até então dormentes.

A Yoga que vem de Patanjali através do Sri T. Krishnamacharya, nos leva à escuta interior, ao exercício da concentração, à meditação e a unicidade. Vinyasa Krama, transmitido por S. Ramaswami, seu discípulo durante 32 anos, se caracteriza por uma grande liberdade na evolução das sequências de posturas, contra-posturas e pela sincronicidade do movimento com a respiração doce e controlada.
• O ensinamento é acessível a todos.
“Não é a pessoa que deve se adaptar à yoga mas a yoga que deve ser adaptada a cada um” dizia Krishnamacharya.
• Detalhes no site: www.vinyasakrama.com

A natureza exuberante das matas, da lagoa e do Rio de Contas nos convida a relaxar, a nos entregar e a nos conectar com as energias subtis que as reservas da Pedra do Sabia nos oferecem: passeios, meditações, silencio interior e muita vida.

Investimento : R$ 650,00
Os valores incluem a hospedagem (bangalôs ou apartamentos compartilhados) e todas as refeições, a condução do retiro assim que os passeios;
O pagamento pode ser dividido em 2x. Para tal, depositar a 1ª parcela (40%) e acertar a 2ª parcela (60%) na chegada;
Para confirmar a sua inscrição, envie-nos o comprovante de deposito da 1ª parcela;

Banco do Brasil,

Ag 4105X N° conta12726-4

Hugues de W de Rincquesen – CPF 740 752 501 30;
Não estão incluídas a chegada até a Pedra do Sabiá e as terapias individuais solicitadas pelo hóspede;
Nos consultar para dias extras.

Informações e reservas: pedradosabia@gmail.com ou anamariamagalhaes@yahoo.com