1 2

RETIRO XAMANICO SHIPIBO

RETIROS XAMANICOS SHIPIBO-pedra do sabiácom Maestro Diógenes

Periodo: de 21 a 27 Março 2016 (semana santa)

O Maestro Diógenes é um curandeiro respeitado do povo Shipibo da Amazônia peruana que traz com ele a sabedoria ancestral dos Shipibo e os espiritos das plantas da floresta. Além de atender sua comunidade ele trabalhava no centro renomado ‘Temple of the Way of Light’ e também tem seu proprio centro (o ‘Santuario de Dieta Shipibo’), dentro do povoado onde vive com sua familia, Santa Rosa de Dinamarca, a 7 horas de barco de Pucallpa (proximo a divisa com o Acre – Brasil).

Os rituais de cura do povo Shipibo, a sua arte e a sua cultura tem base nas plantas da floresta. Durante os rituais as plantas de poder e os Icaros (cantos sagrados dos espíritos das plantas) tem um papel central.

Com atenção individual, de forma amorosa e poderosa a medicina dos Shipibos desperta um processo de cura profundo no corpo e alma. Vários dias de retiro é recomendado para melhor atingir esses benefícios. Porém não é obrigatório o participante ingerir as plantas de poder para receber a vibração de cura dos cantos sagrados.

Banhos de ervas, terapias artísticas e corporais e consultas com terapeutas e facilitadores experientes, além da conexão com a natureza exuberante, darão suporte a esta jornada. Teremos a oportunidade também de mergulhar no incrível universo da arte Shipibo.

O Maestro Diogenes será acompanhado pelo artista Andres Anguita, arte terapeuta e terapeuta psico-corporal Daniela Amaral e terapeuta holístico Pedro Monteiro.

Os grupos são pequenos para que cada pessoa receba atenção individual É importante reservar logo para poder se preparar adequadamente, seguindo algumas restrições de alimentação da dieta da Amazônia e tomando tempo para se conectar consigo mesmo.

MAIS DETALHES…

A cultura Shipibo da amazonia peruana é bem conhecida por xamânismo e medicina das plantas. É um dos poucos grupos culturais que conseguiu manter sua língua, sua arte e seu conhecimento místico de plantas medicinais. As plantas de poder formam uma parte integral desta tradição, apesar de que nas cerimonias não é obrigatorio o participante ingerir as plantas mas sim o xamã (maestro). Durante cerimonias de cura o xama Shipibo canta ´Ikaros´, as canções das plantas que trazem  saude a nivel fisico, emocional e espiritual através de suas poderosas e ancestrais vibracoes. O xama canta para cada pessoa individualmente, um de cada vez. Durante o retiro banhos e chás de ervas também são administrados quando necessario junto a desintoxicação com uma alimentação simples.

Temos a grande honra de receber o Maestro Diogenes. Ele tem 54 anos e vive com sua mulher, uma curandeira chamada Anita, e seus 9 filhos num vilarejo Shipibo chamado Santa Rosa de Dinamarca, a 7 horas de barco da cidade de Pucallpa (próximo a divisa com o estado do Acre no Brasil), onde eles realizam cerimônias, retiros e ‘dietas’* de cura no centro ‘Santuario de Dieta Shipibo’. O Maestro Diogenes se tornou um curandeiro depois que seu filho adoeceu e foi curado por um curandeiro local. A partir deste momento ele se dedicou a ‘dietar’ as plantas medicinais (o método Shipibo de aprender a curar com plantas) e portanto traz muita experiência e conhecimento para partilhar. Antes de ser curandeiro ele era pescador e musico. Ele tem um profundo amor pela música e usa suas habilidades musicais para curar e orientar em cerimônias, de um modo amoroso e atencioso. Não é a toa que uma das plantas com as quais ele tem mais conexão é a Noma Noma, uma planta que abre o coração e conecta com o amor. Ele é um homem humilde e gentil, fala espanhol e adora conversar e compartilhar suas experiencias.

* ‘Dietar plantas’ é o sistema de aprendizagem dentro da medicina Shipibo onde o xamã forma uma aliança com uma planta e aprende diretamente do espírito desta planta. Para se tornar um curandeiro nesta tradição é necessário muitos anos de inúmeras dietas de plantas, respeitando as restrições e desafios que cada dieta traz.

Neste retiro, o processo de cura xamânico com plantas e ervas medicinais vai ser complementado pelo contato com a natureza, a arteterapia, a Arte Shipibo, terapias corporais e consultas particulares e em grupo. A integração de saberes tradicionais indígenas com saberes de outras culturas e tempos é algo enriquecedor, que potencializa um ao outro.

A Arteterapia será facilitada pela Daniela Amaral (arteterapeuta) e Andres Anguita (artista). Pode incluir desenho, pintura, dança, poesia, argila e bordado. Abre o espaço para expressar e integrar os conteúdos mais profundos da alma, dando suporte aos processos intensos que são desencadeados pelos rituais xamânicos.

A Arte Shipibo será apresentada e experimentada. Dentro da tradição Shipibo, as artes visuais e manuais estão integralmente ligadas ás plantas e rituais de cura pois as visões geométricas que os xamãs vêem durante as cerimonias são expressadas na arte, e assim como os cantos estas visões carregam as vibrações de cura das plantas.

Terapias corporais como massagens e cranio sacral (oferecidos pelo Pedro Monteiro e Daniela Amaral) também servirão para facilitar o processo de cura, na interligação entre o corpo as emoções, a mente e o espírito.

Valor:

R$1500 por pessoa

Observações

-Estão inclusos no valor as atividades propostas, a hospedagem e todas as refeições;
-Este valor é para quartos compartilhados. Consulte-nos caso queira estar em um quarto individualmente;
-Para reservar, entre em contato com Daniela Amaral email soulwaze@gmail.com, (whatsapp) (+55) (73) 999646330;
-Não estão inclusos a chegada até a Pedra do Sabiá e as terapias individuais solicitadas pelo hóspede.